Total de visualizações de página

sábado, 2 de julho de 2016

GLÓRIA

Romanos 3: 23 "poIs todos pecaram e carecem da glória de Deus" ..

Vemos nesse capítulo que Paulo se refere a justificação da fé, não mais por obras da lei, porque todos seriam culpados, mas pela fé no filho de Deus: Jesus Cristo, nEle somos justificados.

Quando diz que "carecem" da glória de Deus, compreendo no meu espírito que existe uma carência humana de uma justificação terrena, mas agora que nossos olhos foram abertos, sabemos que essa justificação não é mais válida, porém nosso espírito continua carente da presença de Deus, chamada em glória!
A glória de Deus não está atribuida a glória do homem. A glória do homem é como uma dívida por aquilo que realiza as suas obras, mas a glória de Deus está atribuída totalmente a graça que ele tem nos dado gratuitamente, não por obra alguma, pois não há justificação divina a não ser humana por aquilo que fazemos, Mas quando buscamos a glória de Deus, tão somente a recebemos por fé e graça!
Como receber essa glória de graça e pela fé se não pelo filho de Deus. Antes dEle vir ao mundo, por meio dos nossos pecados fomos separados desta glória, mas quando o amor de Deus chegou no ápice pela sua criação, Ele entregou seu único filho para que agora fossemos cobertos por essa glória dEle mesmo, nos reconciliássemos com Ele, nosso criador, e passássemos a desfrutar da sua doce presença.

Ao passarmos por essa reconciliação, essa justificação maravilhosa pela fé em Cristo, o filho de Deus, passamos também a sermos constrangido por sua glória, e não encontramos outra alternativa a não ser nos rendemos a Ele, É nesse momento, onde nosso coração se alinha com o dEle, que vamos nos tornando sua imagem, passamos a refletir sua glória e sermos transformados por ela. Jamais seremos transformados por nossa própria força, isso é obra da carne. Mas quando aceitamos que Ele redija nossa vida, sua glória nos transforma de forma sobrenatural, porque é assim que Ele é e é assim que quer que sejamos, as pessoas verão toda essa glória em nós de forma natural, mas porque no sobrenatural somos exatamente aquilo que devemos ser, estamos na nossa casa, no nosso lugar estabelecido por Deus, que é ser morada dele, e tudo o que fazermos agora será refletindo quem Ele é, de forma natural sendo sobrenatural. Da pra compreender isso. Somos seres naturais e sobrenaturais, mas nossa identidade não é humana, nosso caráter precisa ser instituído por Deus, porque pertencemos a Ele, voltaremos pra Ele, estamos aqui só de passagem.

2 Co 3:3 diz que somos a carta dele, escrita não por tinta, mas pelo Espírito de um Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração.
verso 18 "mas todos nós com cara descoberta, refletindo como um espelho, a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.

Contemos a glória de Deus por meio do Espírito Santo, temos um escritor do próprio Deus vivo, que o conhecendo bem, têm colocado dentro de nós os detalhes que Ele tem, o agir e reações, os sonhos, os anseios e os propósitos, o Espírito de Deus não só intercede por nós e nos edifica, Ele nos transforma a imagem da trindade. Nosso coração pode seguir dois caminhos, o natural e o espiritual, Ele pode nos enganar com os desejos da nossa alma, mas pode nos edificar com a presença do Espírito. Se deixarmos o Espírito Santo direcionar a nossa vida, seremos essas testemunhas de Cristo de forma muito natural, sem esforços, sem força humana, sem medo, sem insegurança, sem ansiedades, sem nada. Contemos o próprio Deus em nós através do seu Espírito, e Ele é o próprio amor, Ele lança fora todo o medo, Ele nos justifica, Ele tem sonhos maiores e melhores, Ele vê o que não vemos, Ele nos transforma de glória em glória, todos os dias.

Minha oração é que como o diz no Salmos 71:8 o Senhor encha a minha boca do teu louvor e da tua glória todo o dia.
porque assim: "Falarão da glória do teu reino e relatarão o teu poder. Sl 145: 11.
AMÉM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário